Pesquisar no Territoriomt

Carregando...

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Homem dirige na contramão por mais de 30 km e causa acidente com 2 mortos

 

Um homem de 67 anos morreu e matou uma mulher ao trafegar na contramão, em alta velocidade, por mais de 30 km na rodovia Washington Luiz, no interior de São Paulo, na noite de sábado (18). Segundo a Polícia Rodoviária, Luiz Roberto Pagotto saiu de Araraquara por volta das 22h e seguiu em direção a São Carlos, em um carro Siena.

Ao ser avisada de que um veículo estava na contramão, a Polícia Rodoviária tentou desviar o tráfego na rodovia para evitar acidentes. A primeira vítima do motorista foi um casal em Ibaté, cidade entre Araraquara e São Carlos. Para não bater de frente com o carro na contramão, o motorista do outro veículo fez uma manobra brusca e acabou capotando. Ninguém ficou ferido.

Pouco depois, no km 239, em São Carlos, Pagotto bateu de frente com um Pegeout, no qual estava o casal Anderson Aparecido Antônio, 39, e sua mulher, a secretária Maria Helena Lucatelli Antônio. Luiz Roberto Pagotto e Maria Helena ficaram gravemente feridos e foram levados para a Santa Casa, onde morreram.

A polícia afirma que ainda não sabe por que o motorista, que era paraplégico, dirigiu por tanto tempo no sentido contrário da via.

“Estamos chocados e sem entender o que aconteceu”, afirmou uma familiar de Pagotto, que pediu para não ser identificada. De acordo com ela, o motorista estava feliz porque tinha comprado um carro novo. Ele era separado; a ex-mulher e os três filhos vivem em Campinas.

Apesar de paraplégico, Pagotto era independente, segundo informações da familiar. “Ele se virava bem. Às vezes pedia ajuda dos amigos e de parentes para sair do carro e passar para a cadeira de rodas. Estamos inconformados.” O motorista era gerente, mas estava aposentado

José Bonato
Em Ribeirão Preto

0 comentários: